Últimas
  Absurdo // Polícia Federal inicia operação 2º turno da eleição em Teresina // Drogas contribuíram para a morte do ex-jogador Maradona // Joice Hasselmann condenada a indenizar vice Regina Sousa // Justiça nega pedido de prisão do assassino de Aretha //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
O rap do Supremo abre crise ao libertar chefão do PCC



O episódio da libertação, autorizada por um ministro do STF, do traficante André do Rap detonou uma crise no Supremo e envolve alguns dos principais personagens da República. O  habeas corpus que libertou André Oliveira Macedo, o André do Rap, um dos principais líderes do Primeiro Comando da Capital, foi patrocinado pelo escritório de um ex-assessor do ministro Marco Aurélio Mello, autor da decisão, apimentou um enredo que se transformou em crise no Supremo Tribunal Federal, mas que tem como pano de fundo a conhecida vontade de boa parte dos parlamentares federais em asfixiar cada vez mais o combate à corrupção.

A fuga do traficante também é reflexo da aliança entre o governo de Jair Bolsonaro e o Centrão. Ao deixar de vetar a alteração na lei que acabou  beneficiando o traficante, para não desagradar parte do Congresso, o presidente foi contra suas principais bandeiras de campanha e, na mesma tacada, conseguiu atrapalhar o intenso trabalho que a Polícia Federal vem fazendo para evitar que o PCC se transforme em uma máfia…

Crise no STF:

A suspensão da decisão de Marco Aurélio Mello pelo ministro Luiz Fux não conseguiu evitar a fuga de André do Rap, mas impediu um efeito cascata que poderia beneficiar centenas de traficantes e criminosos por todo o país.

O preço audível foi uma intensa troca de farpas. Marco Aurélio Mello condenou os que “fazem política” e jogam “para a turba, para a plateia”, em alusão ao presidente do STF, e disse que a decisão de Luiz Fux representava uma espécie de autofagia na corte. A resposta veio na quarta-feira, 14, quando o plenário começou a julgar o caso.

Segundo Luiz Fux, o traficante “debochou” da Justiça e se valeu da decisão de Marco Aurélio para fugir da lei. O resultado em plenário, que decidiu pela nova prisão do traficante foragido, reforça a posição do presidente da corte…

A reportagem mostra também como o chefão do PCC mobilizou bancas de advocacia para sua defesa nas cortes de Brasília:

As tentativas [de tentar reverter a prisão de André do Rap] no Supremo mostram como criminosos com dinheiro para gastar com advogados conseguem, ao menos, terem seus casos analisados com rapidez pela corte. Desde maio deste ano, vários advogados entraram com ao menos nove pedidos de soltura em nome do chefe de André do Rap… a advogada Ana Luísa Gonçalves Rocha havia impetrado o habeas corpus que resultou… em 2 de outubro, na soltura do traficante.

Com apenas 24 anos, Ana Luísa é sócia de Eduardo Ubaldo Barbosa, ex-assessor de Marco Aurélio, no escritório Ubaldo Barbosa Advogados… A inexperiência da advogada que conseguiu libertar André do Rap chama ainda mais atenção pelo fato de o seu cliente ser uma das principais lideranças do PCC, com patrimônio estimado em mais de 20 milhões de reais e que poderia contratar as bancas advocatícias mais caras do país…




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com