Últimas
  Preso na rua como bandido, Temer é levado para prisão da PF no Rio // Nos calos do governo // Kajuru escracha Gilmar Mendes e sofre retaliações do STF // PF e CGU vasculham rombo no governo petista do Piauí // Envolvidos em "racha da morte" serão punidos //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
Uber

Já faz algum tempo que o assunto sobre regulamentação desse serviço de transporte vem sendo explorado e ainda não vi ninguém abordar pelo lado do usuário ou passageiro, como alguns chamam.

Em vários cantos do país foi a mesma briga pela regulamentação que em outras palavras é a taxação do serviço, alegando, os taxistas, que seria como tornar os serviços com os mesmos custos e assim em pé de igualdade para concorrer.

Ocorre que existem algumas coisas nesse processo que precisam ser levantadas, senão vejamos:

  1. Grande parte dos táxis que rodam em Teresina é fruto de barganha dos prefeitos com vereadores, ou seja, trocavam alvarás (licenças de uso) por apoio na câmara;

  2. Poucos são os casos, por conseguinte, em que o motorista é o proprietário do alvará. São apenas empregados irregulares, sem carteira assinada, que pagam diárias, pelo uso do veículo;

  3. O surgimento desse serviço, Uber, que é mais barato, fez com que a “bandeirada” ficasse estagnada, sem aumento, há bastante tempo, mesmo a gasolina tendo aumentado muito nestes últimos dois anos, o que nos leva à simples conclusão de que estamos pagando caro pelo serviço de táxi;

  4. Lembram que nessa época de Natal o prefeito, para fazer média com os donos de táxi, mandava rodar na “Bandeira 2” que é bem mais caro, como forma de dar um “presente de Natal”, mas às nossas custas?

  5. Mais. Notaram, que os táxis agora estão sempre limpos, principalmente internamente e que os motoristas estão mais atenciosos?

Por estes e outros motivos é que entendemos que é muito bem vindo o serviço de aplicativo e que o mesmo deve permanecer como está, pois só assim teremos concorrência em um setor que sempre foi uma caixa preta de safadeza e de motivo para desconfiança da população.

Espero ter esclarecido para os leitores as muitas razões para o prefeito querer e ter interesse em “regulamentar” o serviço.




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com