Últimas
  Nordestinos não aceitam mais a discriminação do seu povo // Roubalheira do PT elege Bolsonaro presidente // Correios fecham agências no Piauí e em 13 estados // Querem puxar o tapete de trunfo do PSL no Piauí // Prefeito de Cocal do Piauí acusado de chefiar quadrilha perigosa //
 


www.jornaldacidadepi.com.br

 
 
 
Livro copiado do deputado Júlio César não tem nada para ler

Informação do livro só serve para quase nada

Não obstante o bom nível de informação, - nada produzido pelo autor - o livro que o deputado federal pelo Piauí, Júlio César de Carvalho Lima (PSD) lançou recentemente, é o que podemos chamar de presunto feito. Com o trabalho tão somente de copiar (controL-ALT-control-V), do que já foi publicado por outras fontes, o livro denominado “O Brasil e o Mundo de Dados Comparativos”, não trás  nada de novo e não desperta o interesse do brasileiro em formação escolar.

Desta maneira, fica muito fácil escrever um livro e aparecer para o mundo literário com a pretensão de ser escritor.  A máxima antiga de que o homem só se sentirá realizado se plantar uma árvore, gerar um filho e escrever um livro, tornou-se simples para este deputado “faz tudo”, diante das facilidades midiáticas via Internet.

Com todas as pompas de um grande escritor, o deputado Júlio César lançou o seu Best Seller na Câmara dos Deputados, onde explicou que a publicação é um levantamento detalhado de informações sobre as desigualdades no mundo e no Brasil.

O livro traz uma análise de números absolutos, relativos e per capita por regiões, estados e municípios brasileiros nos aspectos econômico, orçamentário, financeiro e social. A publicação tem 446 páginas e foi produzida em dois anos de pesquisas.

Em um ranking de 140 países o Brasil é o 10º mais desigual. O deputado Júlio César afirma que as desigualdades no Brasil vão diminuir quando o governo investir no Nordeste, com a reativação do Finor (Fundo de Investimento do Nordeste); a renegociação do passivo dos produtores rurais, já aprovado na Câmara; o fim da guerra fiscal; e uma ampla reforma tributária.

O deputado destaca que, no Brasil, os impostos não distinguem pobres e ricos. 50% de toda a receita obtida com tributos vem do consumo de bens e serviços. Impostos sobre patrimônio e renda correspondem por apenas 25,4% da receita tributária e o os lucros e dividendos não são tributados.

 




 







A notícia em Primeiro Lugar

Uma publicação do
Instituto Nonato Santos e
VND - Comunicação
Rua Tiradentes, 1358
(86) 3222-5832

 



Fale Conosco

O nosso propósito é levar a informação a todos os recantos do Piauí, do país e do mundo, com imparcialidade e respeito.

COMO ANUNCIAR

Para anunciar no Jornal da Cidade, basta ligar para:

(86) 99942-2747 - (86) 3222-5832 - (86) 99520-1308, ou pelos E-mais:
vilsonsanttos@bol.com.br
nilson_1@hotmail.com